HISTÓRIA DAS DROGAS

Clínicas de Recuperação Masculinas
Clínicas de Recuperação Femininas

Breve história das drogas

Um resumo de uma longa trajetória das substâncias psicotrópicas com o passar dos milênios

5400 - 5000 A.C.

Um jarro de cerâmica descoberto no norte do Irã, com resíduos de vinho resinado, é considerado a mais antiga evidência da produção de bebida alcoólica

4000 A.C.

Os chineses são, provavelmente um dos primeiros povos a usar a maconha. Fibras de cânhamo descobertas no país datam dessa época

3500 A.C.

Os sumérios, na Mesopotâmia, são considerados o primeiro povo a usar ópio. O nome dado por eles à papoula pode ser traduzido como "flor do prazer"

3000 A.C.

A folha de coca é costumeiramente mastigada na América do Sul. A coca é tida como um presente dos deuses

2100 A.C.

Médicos sumérios receitam a cerveja para a cura de diversos males, segundo inscrições em tabuletas de argila

2000 A.C.

Hindus, mesopotâmios e gregos usam o cânhamo como planta medicinal. Na Índia, a maconha é considerada um presente dos deuses, uma fonte de prazer e coragem

100 A.C.

Depois de séculos, o cânhamo cai em desuso na China e é empregado apenas como matéria-prima para a produção de papel

Século 11

Hassan Bin Sabah funda a Ordem dos Haximxim, uma horda de guerreiros que recebia, em sua iniciação, uma grande quantidade de haxixe, a resina da Cannabis

1492

O navegador Cristóvão Colombo descobre os índios usando tabaco durante suas viagens ao Caribe

Século 16

Américo Vespúcio faz na Europa os primeiros relatos sobre o uso da coca. Com a conquista das Américas, os espanhóis passam a taxar as plantações

Século 16

Durante a expansão marítima para o Oriente, os portugueses adotam a prática de fumar ópio

1550

Jean Nicot, embaixador francês em Portugal, envia sementes de tabaco para Paris

Século 17

O gim é inventado na Holanda e sua popularização na Inglaterra no século 18 cria um grave problema social de alcoolismo

Século 18

O cânhamo volta a ser usado no Ocidente, como planta medicinal. Alguns médicos passam a usá-lo no tratamento da asma, tosse e doenças nervosas

Século 19

Surgem os charutos e cigarros. Até então, o tabaco era fumado principalmente em cachimbos e aspirado na forma de rapé

1845

O pesquisador francês Moreau de Tours publica o primeiro estudo sobre drogas alucinógenas, descrevendo seus efeitos sobre a percepção humana

1850-1855

A coca passa a ser usada como uma forma de anestesia em operações de garganta. A cocaína é extraída da planta pela primeira vez.

1852

O botânico Richard Spruce identifica o cipó Banisteriopsis caapi como a matéria-prima de onde é extraída a ayahuasca

1874

Com a mistura de morfina e um ácido fraco semelhante ao vinagre, a heroína é inventada na Inglaterra por C.R.A. Wright

1874

A prática de fumar ópio é proibida em San Francisco (EUA). A Sociedade para a Supressão do Comércio do Ópio é fundada na Inglaterra, e só quatro anos depois as primeiras leis contra o uso de ópio são adotadas

1884

O uso anestésico da cocaína é popularizado na Europa. Dois anos depois, John Pemberton lança nos EUA uma beberagem contendo xarope de cocaína e cafeína: a Coca-Cola. A cocaína só seria retirada da fórmula em 1901

1896

A mescalina, princípio ativo do peyote, é isolada em laboratório

1898

A empresa farmacêutica Bayer começa a produção comercial de heroína, usada contra a tosse

1905

Cheirar cocaína torna-se popular. Os primeiros casos médicos de danos nasais por uso de cocaína são relatados em 1910. Em 1942, o governo dos EUA estima em 5.000 as mortes relacionadas ao uso abusivo da droga

1912

A indústria farmacêutica alemã Merck registra o MDMA (princípio ativo do ecstasy) como redutor de apetite. A substância, porém, não chega a ser comercializada.

1914

A cocaína é banida dos EUA

1930

Num movimento que começa nos Estados Unidos, a proibição da maconha alcança praticamente todos os países do Ocidente

1943

O químico suíço Albert Hofmann ingere, por acidente, uma dose de LSD-25, substância que havia descoberto em 1938. Com isso, ele descobre os efeitos da mais potente droga alucinógena

1950-1960

Cientistas fazem as primeiras descobertas da relação do fumo com o câncer do pulmão

1953

O exército norte-americano realiza testes com ecstasy em animais. O objetivo era investigar a utilidade do agente em uma guerra química

1956

Os EUA banem todo e qualquer uso de heroína

1965

O LSD é proibido nos EUA. Seus maiores defensores, como os americanos Timothy Leary e Ken Kesey, começam a ser perseguidos

1965

Alexander Shulgin sintetiza o MDMA em seu laboratório. Ao mastigá-lo, sente "leveza de espírito" e apresenta a droga a psicoterapeutas

Anos 70

O uso da cocaína torna-se popular e passa a ser glamourizado. Nos anos 80, o preço de 1 Kg de cocaína cai de US$ 55 mil (1981) para US$ 25 mil (1984), o que contribui para sua disseminação

1977

Início da "Era de Ouro" do ecstasy. Terapeutas experimentais fazem pesquisas em segredo para não chamar a atenção do governo

Década de 80

Surge o crack , a cocaína na forma de pedra. A droga, acessível às camadas mais pobres da população tem um alto poder de dependência

1984

A Holanda libera a venda e consumo da maconha em estabelecimentos específicos - os coffee shops

1984

O uso recreativo do MDMA ganha as ruas. Um ano depois, a droga é proibida nos EUA e inserida na categoria dos psicotrópicos mais perigosos

2001

Os EUA dão apoio financeiro de mais de US$ 2 bilhões ao combate ao tráfico e à produção de cocaína na Colômbia

2003

O governo canadense anuncia que vai vender maconha para doentes em estado terminal. É a primeira vez que um governo admite o plantio e comercialização da droga

Fonte: Revista Galileu Especial nº3 - Agosto/2003

Tem mais alguma dúvida? Entre em contato conosco! Vivo (19) 99846-1872

Saiba Mais Sobre Drogas!

Artigos sobre Drogas. Saiba mais sobre o assunto!

Artigos Sobre Drogas

Tipos de Drogas

Tipos de Drogas

A seguir você irá conhecer alguns tipos de drogas lícitas e ilícitas existentes em nossa sociedade, com algumas informações que nem mesmo você sabia...

História das Drogas

História das Drogas

Breve história das drogasA longa trajetória das substâncias psicotrópicas com o passar dos milênios. Desde 5400 - 5000 A.C. aos dias de hoje...

Efeitos do Alcoolismo

Efeitos do Alcoolismo

O alcoolismo pode gerar depressão, cirrose, ou até mesmo a morte, por isso é fundamental se ter cuidados com o álcool pois ele é traiçoeiro...

Consequências do Alcoolismo

Consequências do Alcoolismo

O assunto é considerado algo muito mais sério do que parece, por isso saiba um pouco mais a seguir sobre as consequências do alcoolismo.

Efeitos da Cocaína

Efeitos da Cocaína

Como efeitos da cocaína no organismo podemos citar que a droga atua diretamente no sistema nervoso central, e provoca situações de euforia, bem estar...

Consequências da Cocaína

Consequências da Cocaína

Somente para começar, como consequências da cocaínaa droga poderá exercer uma grande quantidade de efeitos em seu cérebro...

Efeitos do Crack

Efeitos do Crack

Como efeitos do crack podemos citar principalmente a utilização, o usuário começou a utilizar apenas uma vez a droga, o efeito é tão forte e poderoso...

Consequências do Crack

Consequências do Crack

Uma das principais consequências do crack é a perda do sono, todo o dependente de crack acaba chegando a passar pelo menos dois ou três dias sem dormir...

Encontre uma Clínica de Reabilitação

Clínicas de Recuperação

As clínica de recuperação para o tratamento de dependentes químicos representadas pelo P.A.R.A tem sido a solução para muitos dependentes que hoje estão sóbrios...

aRTIGOS mAIS bUSCADOS!

Saiba mais sobre a dependência química

Artigos Sobre, Tratamento, Dependência Química, Internação e Outros!

Tratamento Dependentes de Álcool

Tratamento Para Dependentes Químicos

Somos uma empresa que VERIFICA clínicas de recuperação para dependentes químicos afim de proporcionar à você SEGURANÇA e CONFIANÇA na hora de buscar uma clínica para tratamento da dependência química. Saiba Mais!

Tratamento Álcool

Tratamento Álcool

Todo tratamento para dependência química deve ser seguido por determinado conjunto de técnicas de finalidade terapêutica reconhecidas e comprovadas pelos órgãos regulamentadores das atividades que envolvem o tratamento...

Tratamento Cocaína

Tratamento Cocaína

Encontre Diversas Unidades Clínicas de Recuperação para Dependência Química com tratamento adequado, extremamente profissional, eficaz, comprovado por diversos pacientes qie conseguiram se recuperar após seu período de internação.

Tratamento Crack

Tratamento Crack

Nosso objetivo é mostrar que cada pessoa pode recuperar o controle de sua vida, aos poucos e com ajuda.

Dependência Química

Dependência Química

Clínicas de Reabilitação para Dependentes Químicos Masculinas VERIFICADAS e APROVADAS pena equipe ReabilitaçãoClínica

Dependência do Álcool

Dependência do Álcool

O programa terapêutico para o tratamento de mulheres dependentes químicas deve-se abordar cuidados especiais.

Dependência da Cocaína

Dependência da Cocaína

No caso das mulheres, um programa clínico terapêutico que seja voltado exclusivamente a elas e que aborda cuidados especiais com um tratamento que proporcione a elas...

Dependência do Crack

Dependência do Crack 

As Clínicas de Reabilitação contam com profissionais, como psiquiatras, psicólogos e terapeutas renomados...

Clínica para Usuários de Cocaína

Clínica para usuários de Cocaína

Você está buscando por Clínica de Reabilitação em Campinas SP? Então, você pode contar com o auxílio das clínicas divulgadas e orientadas pelo ReabilitaçãoClínica.

Clínica para Usuários de Crack

Clínica para usuários de crack

A Internação Involuntária é o tipo de tratamento que vai contra a vontade do dependente químico quando este coloca a sua vida e a de outros em risco.

Internação Involuntária

Internação Involuntária

A Internação Involuntária é o tipo de tratamento que vai contra a vontade do dependente químico quando este coloca a sua vida e a de outros em risco.

Internação Compulsória

Internação Compulsória

A Internação Compulsória é o tipo de intervenção judicial, onde o dependente químico é obrigado a se tratar numa clínica por determinação judicial.